Buscar
  • Douglas Cortina

IPI de Bebidas Frias. STF permite Tributação baseada no custo médio.

O Supremo Tribunal Federal (STF), em processo com repercussão geral reconhecida, permitiu que o IPI seja exigido sobre o custo médio da compra e venda de bebidas frias, de maneira que a cobrança se baseie em valores pré-fixados multiplicados pela quantidade de produtos vendidos a chamada tributação ad rem.



Em julgamento finalizado no dia 29/06/2020 por meio de sessão virtual, o plenário declarou que é constitucional o artigo 3 da lei 7.798/1989. O resultado se deu por apertada maioria de seis votos a cinco no RE 602.917.


Foi fixada a tese de que “é constitucional o artigo 3º da Lei 7.798/1989, que estabelece valores pré-fixados para o IPI”. Prevaleceu a divergência aberta pelo ministro Alexandre de Moraes, que teve o apoio dos ministros Edson Fachin, Gilmar Mendes, Luiz Fux, Roberto Barroso e Dias Toffoli.


A relatora do caso, ministra Rosa Weber, declarava o dispositivo inconstitucional por ter alterado a base de cálculo do imposto, matéria que tem reserva de lei complementar. Também votaram pela inconstitucionalidade formal os ministros Marco Aurélio, Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia e Celso de Mello.


No voto vencedor, o ministro Alexandre de Moraes ressaltou que no mercado de bebidas frias a Receita Federal enfrenta “profunda dificuldade de arrecadação” do IPI nos moldes originais ad valorem, que envolve a aplicação da alíquota sobre a base de cálculo. De acordo com o ministro, o sistema se mostrou ineficiente porque “resultou em distorção de preços de venda com o escopo de frustrar a tributação do IPI”.


Ainda, Moraes nega que tenha ocorrido alteração da base de cálculo. Para o magistrado, a lei apenas instituiu uma técnica de tributação baseada nos preços comumente verificados no mercado.

Tendo em vista que a Constituição permitiu a alteração de alíquotas do IPI pelo Executivo, Moraes afirmou que houve outorga implícita da possibilidade de alterar também a base de cálculo. Para o ministro, uma interpretação sistemática permitiria essa conclusão porque as alíquotas e bases de cálculo estão “umbilicalmente vinculadas”.


#direitotributário #tributário #IPI #empresas #direitoempresarial #assessoriajuridica



Faça parte do nosso Network, siga-nos em nossas redes sociais e não deixe de se manifestar, seu feedback é muito importante!


Publicamos notícias, artigos e modelos de peças toda semana, siga-nos para receber as notificações e as atualizações.



https://www.linkedin.com/in/k%C3%A1ssioaugustotomazelli/


https://www.facebook.com/tomazelliecortinaadv/

https://www.instagram.com/tomazelliecortinaadv/


https://kassiotomazelli.jusbrasil.com.br/




Obrigado!

0 visualização
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook ícone social